terça-feira, abril 26, 2011

Quem disse que dinheiro não traz felicidade?

peloseubolso.worpress.com
A conexão que temos com o dinheiro é uma relação sumariamente de afetividade. Assim como aprendemos a nos relacionar com as pessoas, também com o dinheiro vamos construindo o significado afetivo da energia monetária. Portanto aquilo que ouvimos em nossa infância exerce um sentido fundamental para nós que, por vezes merece ser desvelado para que tenhamos uma melhor compreensão de porque gastamos tanto ou porque não conseguimos usufruir dos benefícios do dinheiro sem culpa, em fim, inúmeros sintomas podem revelar o que somos através de nossa relação com o dinheiro.
 Ao contrário do que muitos pensam, o dinheiro não muda as pessoas, ele revela quem realmente somos. Percebemos várias pessoas que dizem "Não posso ter dinheiro  pois seria muito agressivo com as pessoas, mandaria em todo mundo." 
Está claro que esta relação com o dinheiro é de desprezo, pois ao longo de sua vida apreendeu o significado de que quem possui dinheiro manipula as pessoas, portanto foi desprezado por não possuir quantias significativas para dar o troco.
Por outo lado aqueles que estão sempre com dívidas obviamente possuem problemas de limite interno, pois negligenciam seu prórpio orçamento, ou porque crêem que o mundo lhe deve sempre algo, ou porque tem dívidas mais profundas a nível  afetivo.
Quanto mais temos dívidas financeiras, mais necessidade há de perdoar algo (sentimentos ocultos por alguma situação ou alguém por quem fomos profundamente magoados).
Podem também demonstrar características de pessoas que tem estilo de vida acima das possiblidades, que tem costume de pedir emprestado e precisam sempre trabalhar mais para pagar as contas, acabam tornando-se escravo dos outros.
Devemos refletir sobre a relação que nos envolve com o dinheiro e afastar a idéia de que o dinheiro está sempre faltando, pois ele nunca falta, já que é uma energia. Se  não conseguimos lidar bem com essa energia devemos nos questionar se temos desprezo, desapego, raiva ou culpa pelo dinheiro.
<><> <><> <><>
organismo.art.br
Ser menos reativos ajuda, na hora de pagar uma conta é melhor agradecer,  pois usufruimos do bem que agora necessitamos pagar por ele.
É preciso desejar a riqueza para todos e não só para si. O dinheiro é uma energia que precisa circular.
Realmente dinheiro não traz felicidade, quem traz é você. O dinheiro é um veículo que pode ser usado para a liberdade.

2 comentários:

  1. Anônimo27/4/11

    Dinheiro? será? rsrs

    Tem um ditado popuar que diz que ele é o maior falso que existe justamente porque circula na mão de todo mundo. É mole? rss

    Ah! Diz tb o poeta Victor Hugo:

    Desejo primeiro que você ame,
    E que amando, também seja amado...

    ...desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
    Porque é preciso ser prático.
    E que pelo menos uma vez por ano
    Coloque um pouco dele
    Na sua frente e diga "Isso é meu",
    Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

    valew

    ResponderExcluir
  2. Oi Ló,
    Amei o post....na espera do próximo!!!
    Exercitarei constantemente para resignificar os sentimentos negativos nesse fluxo de energia, é notório o êxito de situações que há movimento a favor e não de reclamações..
    Honro todas minhas contas!!!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz de você estar aqui, quando você comenta me deixa ainda mais....

Constelações Familiares e o poder do AGORA

créditos de imagem para sandragamero.com Se você ainda não conhece a prática das constelações familiares esta é uma excelente oportuni...