sexta-feira, março 30, 2012

Bruno Mazzeo no colo do pai, Chico Anysio
Claro que eu tenho depressão. Tive seis mulheres, nove filhos e dez netos. Se eu não tivesse depressão, teriam de me internar, porque eu seria um psicopata.           
~ Frase de Chico Anysio     

quinta-feira, março 29, 2012

quinta-feira, março 22, 2012

Por que esperar o tempo passar?


- Querida, venha cá.
Feche a porta com cuidado e sente-se aqui ao meu lado.
Tenho umas coisas pra te contar.
E assim, dizer apontando o indicador para o alto:
- O nome disso não é conselho, isso se chama colaboração!
Eu vivi, ensinei, aprendi, caí, levantei e cheguei a algumas conclusões.
E agora, do alto dos meus 82 anos, com os ossos frágeis a pele mole e os cabelos brancos, minha alma é o que me resta saudável e forte.
Por isso, vou colocar mais ou menos assim:
É preciso coragem para ser feliz. Seja valente.
Siga sempre seu coração.
Para onde ele for, seu sangue, suas veias e seus olhos também irão.
Satisfaça seus desejos.
Esse é seu direito e obrigação.
Entenda que o tempo é um paciente professor que irá te fazer crescer, mas escolha entre ser uma grande menina ou uma menina grande, vai depender só de você.
Tenha poucos e bons amigos. Tenha filhos. Tenha um jardim.
Aproveite sua casa, mas vá a Fernando de Noronha, a Barcelona e a Austrália.
Cuide bem dos seus dentes.
Experimente, mude, corte os cabelos. Ame. Ame pra valer, mesmo que ele seja o carteiro.
Não corra o risco de envelhecer dizendo "ah, se eu tivesse feito...
Vai que o carteiro ganha na loteria - tudo é possível e o futuro é imprevisível.
Tenha uma vida rica de vida! Viva romances de cinema, contos de fada e casos de novela.
Faça sexo, mas não sinta vergonha de preferir fazer amor.
E tome conta sempre da sua reputação, ela é um bem inestimável.
Porque sim, as pessoas comentam, reparam, e se você der chance elas inventam também detalhes desnecessários.
Se for se casar, faça por amor.
Não faça por segurança, carinho ou status.
A sabedoria convencional recomenda que você se case com alguém parecido com você, mas isso pode
ser um saco!
Prefira a recomendação da natureza, que com a justificativa de aperfeiçoar os genes na reprodução, sugere que você procure alguém diferente de você.
Mas para ter sucesso nessa questão, acredite no olfato e desconfie da visão.
É o seu nariz quem diz a verdade quando o assunto é paixão.
Faça do fogão, do pente, da caneta, do papel e do armário, seus instrumentos de criação.
Leia. Pinte, desenhe, escreva. E por favor, dance, dance, dance até o fim, se não por você, o faça por mim.
Compreenda seus pais.
Eles te amam para além da sua imaginação, sempre fizeram o melhor que puderam, e sempre farão.
Não cultive as mágoas - porque se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que um único pontinho preto num oceano branco deixa tudo cinza.
Era só isso minha querida.
Agora é a sua vez.
Por favor, encha mais uma vez minha taça e me conte: como vai você?

autor desconhecido

sábado, março 17, 2012

quinta-feira, março 15, 2012

Marcelo e Mônica



Quando você encontrar a pessoa que merece o seu coração, vai entender porquê as coisas não funcionam com todos os outros


...à propósito, Marcelo e Mônica é um casal desses que se encontraram quando estavam prontos
que na nossa "turma ceresteira" sempre nos referimos como casal "alma gêmea"
diz ele que nem sabe o que é isso que a gente fala deles, essa coisa de alma gêmea.
Viu?
É assim, ele nem precisa se preocupar com isso
foram feitos um para o outro e pronto.
Sabe aquele casal que não precisa de muito para ser feliz? Tem um 'apezinho' pequeno, ele é psicólogo, ela também, nos sábados ele dá aula de violão e nas horas vagas é músico com banda e tudo; e ela lá sempre com ele..
É desses que a gente vê em filme mesmo.

Recentemente desse encontro nasceu um fruto
se chama Caio Victor.

sexta-feira, março 09, 2012

Sou mulher


Sou uma mulher madura
Que às vezes anda de balanço
Sou uma criança insegura
Que às vezes usa salto alto
Sou uma mulher que balança
Sou uma criança que atura

Martha Medeiros

segunda-feira, março 05, 2012

Quem é seu amante?


Muitas pessoas têm um amante e outras gostariam de ter um.
 Há também as que não têm, e as que tinham e perderam.

 Geralmente, são essas últimas que vêm ao meu consultório, para me contar que estão tristes ou que apresentam sintomas típicos de insônia, apatia, pessimismo, crises de choro, dores etc.

 Elas me contam que suas vidas transcorrem de forma monótona e sem perspectivas, que trabalham apenas para sobreviver  e que não sabem como ocupar seu tempo livre.

Enfim, são várias as maneiras que elas encontram para dizer que estão simplesmente perdendo a esperança.

        Antes de me contarem tudo isto, elas já haviam visitado outros        consultórios, onde receberam as condolências de um diagnóstico firme: “Depressão”, além da inevitável receita do antidepressivo do momento.

        Assim, após escutá-las atentamente, eu lhes digo que não precisam de nenhum antidepressivo; digo-lhes que precisam de um AMANTE!!!

        É impressionante ver a expressão dos olhos delas ao receberem meu conselho.

        Há as que pensam:

“Como é possível que um profissional se atreva a sugerir uma coisa dessas”?!
Há também as que, chocadas e escandalizadas, se despedem e não voltam nunca mais.
Para aquelas, porém, que decidem ficar e não fogem horrorizadas, eu explico o seguinte:

“AMANTE é aquilo que nos apaixona; é o que toma conta do nosso pensamento antes de pegarmos no sono; é também aquilo que, às vezes, nos impede de dormir.
 O nosso“AMANTE ” é aquilo que nos mantém distraídos em relação ao que acontece à nossa volta.

É o que nos mostra o sentido e a motivação da vida.

        Às vezes encontramos o nosso ”AMANTE” em nosso parceiro.
Também podemos encontrá-lo na pesquisa científica ou na literatura, na música, na política, no esporte, no trabalho, na necessidade de transcender espiritualmente, na boa mesa, no estudo ou no prazer  obsessivo do passatempo predileto…

Enfim, é “alguém”ou “algo” que nos faz “namorar a vida” e nos afasta do  triste destino de ir levando.

 E o que é“ir levando”?

Ir levando é ter medo de viver. É o vigiar a forma como os outros  vivem, é o se deixar dominar pela pressão, perambular por consultórios  médicos, tomar remédios multicoloridos, afastar-se do que é  gratificante, observar decepcionado cada ruga nova que o espelho  mostra, é se aborrecer com o calor ou com o frio, com a umidade, com o  sol ou com a chuva.

 Ir levando é adiar a possibilidade de desfrutar o hoje,  fingindo se contentar com a incerta e frágil ilusão de que talvez possamos  realizar algo amanhã.

Por favor, não se contente com “ir levando”… Seja também um amante e um protagonista        DA SUA VIDA!

        Acredite:

 O trágico não é morrer; afinal a morte tem boa memória e nunca se esqueceu de ninguém.
 O trágico é desistir de viver…
Por isso, e sem mais delongas, procure algo para amar…
A psicologia, após estudar muito sobre o tema, descobriu algo transcendental:

PARA  ESTAR  SATISFEITO, ATIVO E SENTIR-SE JOVEM E FELIZ, É PRECISO NAMORAR A VIDA.
Amante é "alguém!" ou "algo" que nos faz  "namorar a vida" e nos afasta do triste destino de "ir levando"!..

Quem é o seu amante?

        Jorge Bucay – Psicólogo Argentino

 


Deixa acontecer

As coisas acontecem quando você menos espera, as coisas acontecem quando você não as força, as coisas acontecem quando você não está an...