quarta-feira, abril 04, 2012

Os segredos dos casais

Não se deve falar sobre as relações íntimas anteriores, isso destroe a relação.

O que acontece na intimidade de um casal deve ficar entre o casal. Não se deve falar sobre isso.

É muito sutil isso, mais Bert Hellinger fala que ao fazer tal coisa o parceiro anterior se sente traído. É uma falta de respeito para com a pessoa.

Embora se pretenda com isso ganhar mais intimidade e natural que o que ocorre é que ao revelar intimidades de um outra pessoa a outro nunca mais confia totalmente. A confiança é abalada.

Assim também os pais, não devem contar sobre suas intimidades com os filhos e nem tão pouco sobre suas dificuldades matrimoniais. Quando os filhos sabem disso, com frequenciam tentam expiar de alguma forma pois carregam um peso com isso.

É importante que o que acontece com um casal, continue em segredo, entre os dois. Isso preserva o respeito pelo outro e o auto-respeito.

E os filhos, ficando no lugar de filhos, sentem um alivio muito grande com isso. Então, é possivel uma ordem.


Bert Hellinger em Para que o amor dê certo

2 comentários:

  1. CERTÍSSIMA essa premissa. Gostei.
    Olá Lorena,você tá mais bonita que nunca hein ?
    Estou passando por aqui e convidando as amigas e os amigos do blog para verem as mudanças que fiz no meu.Agora se chama Espaço das Letras e Artes e posto lá,além dos contos e crônicas de minha autoria, posto filmes de arte,com som original,com legendas e dublados. Apareça e aprecie. Te aguardo bonitona!!.

    ResponderExcluir
  2. oi Amor, achei super legal essa preocupação com o outro, as relações são íntimas, e levando-as à frente não se trai apenas o atual, mas o anterior também, além de boicotar a capacidade de fazer alguém feliz e consequentemente a si próprio. Mas digo que nessa sociedade consumista soa até démodé, preocupar-se com o outro? Não deixar nossas passagens interferirem em nossos relacionamentos futuros, acho que já basta a experiência finita. E com certeza falar sobre as intimidades passadas com o parceiro(a) pode sim resultar em um sentimento de insegurança. É passado, não diz respeito ao outro, denota arrogância, egoísmo, pois devemos saber que quando lançamos isso como comentário magoaremos a outra parte profundamente. Eu, particularmente, me sentiria mal, como se tivessem usurpado de um momento que poderia ser único. Mas se existir tal momento, e houver uma conversa e a conscientização de ambos os envolvidos, porque não perdoar e continuar a tentar ser feliz?!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz de você estar aqui, quando você comenta me deixa ainda mais....

Deixa acontecer

As coisas acontecem quando você menos espera, as coisas acontecem quando você não as força, as coisas acontecem quando você não está an...