sexta-feira, janeiro 17, 2014

Onde está sua alma?




Depois de algum tempo sem postagens... por correria de trabalho e vida acadêmica, fiquei pensando o que poderia escrever nesta primeira postagem do ano.

Como estou em stand by esses dias, comecei a me lembrar de um pequeno conto: 

Certo dia, um índio viajou de trem pela primeira vez na vida. Ao chegar ao seu destino, a última estação do trem, ele desceu, se sentou num banco e ali ficou por horas a fio, sem se mover. Um senhor que trabalhava por ali, intrigado com aquele índio sentado há horas no mesmo banco, aproximou-se e perguntou o porquê dele estar ali sem fazer nada. Então, o índio, com aquela calma, típica dos serenos, respondeu que ele não estava sem fazer nada. Que como a viagem tinha sido muito rápida, ele  estava esperando a sua alma, que ainda não havia chegado.

Preste atenção agora nas coisas que você já realizou sem a presença de sua alma. Sem ela não há escolha com lucidez. Há escolha por escolha, ou melhor, escolha sem escolha. E é bem assim que anda o mundo nesses tempos. Escuto as pessoas dizerem que 2013 passou muito rápido. Na verdade ele passou igual, como todos os outros anos, nós é que não temos mais temos tempo de ter tempo para o que realmente importa.

Fazemos tudo de forma bastante automática, desde quando nos levantamos pela manhã até o momento de dormir. Isto sem contar as horas que perdemos respondendo emails, zapeando no facebook, celular enfim...
Mas e nossa alma? Onde ela realmente está?

Então essa é minha expectativa para esse novo ano que se inicia
Que você possa esperar sua alma chegar ao seu corpo, assim como se propôs sabiamente o índio.

Estar mais presente no momento presente.
Estar com a família
Almoço de domingo de longas horas e longas conversas ao redor da mesa
Contar história para o filho dormir
Deixar o celular, internet e TV de lados e sentir mais o presente.
Que na realidade é o único que temos.
O passado já se perdeu.
Do futuro, a incerteza.
Então meus caros
vivamos o presente!
Feliz ano novo!



Um comentário:

  1. Vai ao espelho e congratula-te com tua alma de que alcançaste, neste voto que nos fizeste, a perfeição. Doemo-nos às nossas almas. Àquele eu serenado que nos aguarda e ao qual só reconhecemos quando tudo o mais silencia. Belo. Muito belo. A ti também. Beijosss

    ResponderExcluir

Fico muito feliz de você estar aqui, quando você comenta me deixa ainda mais....

Deixa acontecer

As coisas acontecem quando você menos espera, as coisas acontecem quando você não as força, as coisas acontecem quando você não está an...