segunda-feira, outubro 22, 2012

O Enigma da rosa!


 Estava eu aguardando meu voo neste final de semana com  duas amigas.. foi então que, durante conversas e maquiagens no banheiro, vimos algo que nos instigou e rendeu muitas reflexões. Trata-se de um enigma que estimula o universo feminino.

É certo que as rosas instigam romantismo às mulheres. Receber rosas de alguém é um deleite de sonhos, é um brilhantismo muito específico do mundo feminino. Talvez os homens nem saibam, mas as rosas são como um encantos que podem ser presenteados!

Não pude deixar de lembrar-me da primeira vez que ganhei rosas... fui tomada por um sentimento único e glamouroso. Era muito nova ainda, estava no segundo grau, pré-vestibular (como se dizia antigamente, acho que hoje é ensino médio) enfim naquela época em que temos as primeiras fagulhas do que pensamos ser amor.

Foi então que, durante uma aula, toda a turma se virou para ver um lindo bouquet de rosas através do vidro da porta. É isso mesmo, mandaram entregar na sala de aula. O entregador esperava a hora do recreio para então entregar a sua encomenda. Todas as meninas ficaram alvoroçadas pela curiosidade em saber para quem seriam as lindas rosas.

Para minha surpresa, chegada a hora do recreio, qual estupefata fiquei quando meu nome foi chamado, ou melhor fiquei vermelha e cheia de dúvidas. Como assim para mim? Logo, pela minha timidez, pensei que era engano, pois pensava quem haveria de ter tido a ousadia de me expor daquela forma? Quem seria esse que gostaria que todos soubessem que eu era especial? Claro, no fundo eu estava fervilhando de emoções!!

Fiquei primeiro com raiva, medo, susto, alegria, tudo misturado. Por alguns minutos, fui alvo de todos os olhares da turma, as meninas davam gritinhos e diziam: “Abre o cartão, abre, abre. De quem é?”

Sim, é mesmo, havia um cartão, minha timidez havia me congelado...

Bem, voltemos então ao aeroporto, lá do início, estávamos no banheiro e vimos uma linda rosa vermelha, jogada no lixo. Jogada não, pois uma rosa acho que não é jogada
Mas uma rosa deixada ali, no lixo!

Olhamos a cena! Arquétipos logo foram acionados. Por que alguém jogaria uma rosa no lixo? Considerando toda simbologia que ela representa para nós mulheres. 

(Até hoje só conheço uma mulher que não gosta de receber flores, uma amiga muito querida, a qual as flores a lembram do funeral de seu pai.)

Ficamos ali pensando e analisando a situação. A primeira amiga, que tem um modo muito prático de pensar, disse que o motivo teria haver com a inconveniência de receber uma rosa em pleno aeroporto, isso então teria feito a moça a deixar no lixo.

Ah! Mas recebida de alguém que se tem afeto, jamais seria motivo para tamanha exclusão.

A outra amiga, assim como eu, pensamos que a rosa teria sido dada por alguém de quem foi causada grande mágoa, sendo o fato de deixar ali, como um ímpeto de vingança. Quem poderia ter sido assim tão ferida?

Sim, amigos, pois deixar uma rosa vermelha, fresca, como aquela, com seu lindo botão aberto não é algo assim simples, como atirar um chiclete no lixo.

Bem , enfim, gostaria de saber a opinião de vocês. Afinal qual seria a motivação de abandoná-la no lixo à sua própria sorte?

Então ajude-nos a resolver o enigma da rosa, ou ao que te remeteu esse breve relato, 
deixe sua versão....

7 comentários:

  1. Elaine22/10/12

    oi Lorena!!! Gostei muito... me lembrei da minha primeira rosa que ganhei, foi inevitável não lembrar. Quanto a rosa abandonada que vc achou, tenho quase certeza que ela foi jogada pois deveria ser símbolo de muita mágoa. Essa mulher deve ter sido muito magoada pela pessoa que lhe deu a rosa.. Que pena! Ou não né, vais saber!!
    Beijos, beijos

    ResponderExcluir
  2. Ficou lindo o link decorativo aqui!
    Pegue o que quiser por lá..se te faz bem é o que importa! bjs :)

    ResponderExcluir
  3. oi lORENA! Fiquei interessada em saber da sua historia.. afinal quem era q mandou as flores

    a rosa no lixo é de raiva, querida, muita raiva de alguem..
    beijo

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lorena, boa noite!!
    Bem há três enigmas no relato: 1. No caso lembrado, existe a interrogação: “de quem eram, afinal, o cartão e as rosas que a narradora recebeu? e 2. Que ocorreu a seguir? Terá ela aceitado as rosas? Terá ela se casado com o rapaz que lhe dera as rosas?! e 3. por que a rosa vermelha estava no lixo?
    Pensei em muitas respostas para as duas primeiras questões, mas elas não são pedidas... Uma vez, no colegial que agora é nível médio, deixei uma rosa vermelha sob uma carteira de uma moça e, quando a professora entrou na sala e fechou a porta... na face de trás da porta estava escrito: “quando essa porta se fechar, todos saberão que eu te amo!”
    Bem, a resposta da rosa no lixo não é fácil, porque não estávamos lá, e a vida vista de perto pode ser bem surpreendente para quem só a imaginou de longe. Mas há um detalhe decisivo: se fosse o lixo de qualquer saguão, haveria cem possibilidades, mas, sendo no banheiro feminino, a resposta fica presa a apenas duas. 1. Quem a recebeu, de fato, poderia estar muito magoada, e a rosa foi uma última tentativa de se obter perdão, antes de uma viagem. Essa hipótese esbarra apenas no fato de que pessoas magoadas não vão jogar rosas lá no banheiro feminino. Elas nem recebem, ou jogam no chão ou (algumas fazem isso mesmo!) dão com ela no homem que a ofereceu! e 2. (hipótese muito mais provável): banheiro feminino é um excelente refúgio para uma mulher que, por educação, recebeu uma rosa de um admirador pelo qual nada sentia ou, pior, tinha alguém esperando lá no outro aeroporto, e não tinha como lhe explicar que aceitou uma rosa vermelha por educação. Então, ela aceitou a rosa, disse algo que suavemente encaminhou o relacionamento para a amizade mesmo, esperou que a pessoa se fosse, depois foi, por segurança, ao banheiro feminino, onde ele jamais entraria, e deixou a rosa no lixo... Saiu olhando em volta, e encaminhou-se rapidamente para o embarque.
    Um beijo carinhoso
    Doces sonhos
    Lello

    ResponderExcluir
  6. Valeria23/10/12

    Olha, concordo plenamente com os demais leitores, queremos saber o final da sua historia, é tão raro você escrever coisas da sua historia, e uma forma tão singela ssim de contar, tinha inclusive me esquecido como é bom passar por isso pela primeira vez!
    meu primeiro ramalhete de rosas veio acompanhado de uma serenata na janela, época em que os homens faziam isto e as mulheres valorizavam também, acabei me casando com ele.
    Certa vez ganhei rosas dele, por causa de uma briga que acabou me magoando muito, mas não tive coragem de jogar fora, fiquei ali esperando elas secarem, na esperança de que meu sentimento secasse junto, mas não secou.
    Eu levaria a rosa comigo, mesmo que num aeroporto.. então o enigma a rosa deixada representou a vontade de abandonar o sentimento que a moça sente pela pessoa que lhe deua rosa, foi uma tentativa, se ela consegui ou não, não chegaremos a saber!

    beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  7. Para nós homens também é bem significativo darmos flores a alguma mulher. Representa alguem de quem se quer atençao, impressionar!
    O enigma da rosa está resolvido: é de alguem que se quer esquecer!
    O outro enigma, da sua historia,é que vai ficar no ar, até você resolver contar-nos!
    Um beijo

    ResponderExcluir

Fico muito feliz de você estar aqui, quando você comenta me deixa ainda mais....

Deixa acontecer

As coisas acontecem quando você menos espera, as coisas acontecem quando você não as força, as coisas acontecem quando você não está an...