Pular para o conteúdo principal

Você consegue imaginar um planeta onde o medo não existe?





Se você pudesse ter um mundo só seu como ele seria?

Depois de anos ouvindo as respostas das pessoas, tal como: um mundo sem guerras, um mundo sem brigas, um mundo colorido, um mundo que não anoitece,  um mundo sem fronteiras, um mundo de paz... parei para refletir em uma resposta:

Um mundo onde não existisse medo.

Imagina a dimensão disso?

O que representa viver sem medo? Já parou para pensar nisso?

Há algo em você que você nega existir. Algo tão forte que faz você levantar todos os dias. O motivo maior que te faz aguentar o trabalho que você não gosta, aturar um casamento sem amor, em fim. Você aguenta  porque você quer ser visto como o mais atraente, mais legal, mais sedutor, mais inteligente.  Isso é quase um desejo compulsivo: a necessidade de aprovação, que vem do medo de ser rejeitado, abandonado.

Isso acontece pois o ego é vaidoso, e ao mesmo tempo trapaceiro. O que ele pensa se mistura com o que você pensa. A necessidade das pessoas de proteger seu próprio ego não conhece limites. Elas mentem, roubam, enganam, matam, fazem o que for preciso para manter o que chamamos de fronteiras do ego. As pessoas não têm ideia de que estão numa prisão, não sabem que há um ego, não conhecem a diferença. Primeiro, é muito difícil para a mente aceitar que há algo além dela mesma. Algo mais valioso e mais capaz de discernir a verdade em si.

O ego é aquele que tem medo e que impede de transcender algumas regras, por vezes necessária para alcançar um amadurecimento.

Explico..

O medo é um fenômeno psicológico, desenvolvido em nossa mente em decorrência de uma combinação de traumas, expectativas e receios. Embora possamos tentar nos afastar dele, se a crença que o alimenta não for alterada ele continuará habitando nosso inconsciente. Não há como refugiar-se é preciso enfrentá-lo. Mas enfrentá-lo de que maneira? Primeiro aceite a idéia de que você possa realmente estar com medo e em seguida, busque toda informação possível que esclareça seus pormenores.

O Medo adoece e emburrece, pois ele reprime suas emoções e sentimentos. Você se acoa e trava. A mente não funciona e você se torna um DEPENDENTE! Similar a um viciado.

O Hemisfério Esquerdo do cérebro condicionado a não dar ouvidos ao Hemisfério Direito. Tudo precisa estar sob controle, ser controlável e previsível. Quando não há mais certezas, se perde o controle e a mente se desespera. O medo que nos é imputado pelo meio sistêmico em que vivemos, nos coloca nesses moldes sociais. Quem quer controle TEME! Quem manipula é com base no MEDO! A mente nos mente quando não se abre. Ela se fecha ao Hemisfério Esquerdo e nos prega peças, nos engana e nos ilude!

Pense agora: O que você faria hoje se não tivesse MEDO?

Quantas coisas você tem deixado de fazer por sentir medo?

Deixaria o emprego?

Viajaria pelo mundo?

Se declararia para aquele grande amor?

Se entregaria a uma paixão?
 


Deixo um vídeo que espero trazer sentido a nossas escolhas, que ainda são muito baseadas em nossos medos.

 "O que é o medo, então? O medo é o sentimento de não estar ligado à existência. Eis a definição de medo: medo é um sentimento de falta de contato com a existência. Você fica sozinho, uma criança chorando sozinha em casa, a mãe e o pai e toda a família saíram para ir ao cinema. A criança chora e soluça no berço. Foi deixada sozinha sem nenhum contato, ninguém para protegê-la, ninguém para lhe dar conforto, ninguém para amá-la; uma solidão, uma solidão imensa a envolve. Eis o estado de medo.

Isso ocorre porque você chegou a um ponto em que não deixa que o amor aconteça.

Toda a humanidade foi treinada para outras coisas, não para o amor. Para matar, fomos treinados. E os exércitos existem, anos de treinamento para matar! Para calcular, fomos treinados; faculdades, universidades, anos de treinamento só para aprender a calcular de forma que ninguém possa enganar você, mas você possa enganar os outros."

Osho



 

Comentários

  1. Somos treinados para o medo.. vejo pessoas que tem medo de ser feliz. Passam a vida inteira buscando buscando e quando encontram não conseguem sustentar o fato de ser feliz!

    gostei muito do tema.
    Vc andava muito sumida heim!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo7/6/13

    O ego é um tabuleiro dos desejos... o medo de amar é do ego...
    por causa dele preferimos a nao entrega para a vida e para o amor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Fico muito feliz de você estar aqui, quando você comenta me deixa ainda mais....

Postagens mais visitadas deste blog

Constelações Familiares e o poder do AGORA

Se você ainda não conhece a prática das constelações familiares esta é uma excelente oportunidade para que você seja conduzido através desta ferramenta fantástica de autoconhecimento.
Ela atua a partir das nossas histórias e mitos familiares. Ajudando-nos a perceber mais claramente QUEM SOU EU e PORQUE ESTAMOS VIVENDO DE UMA FORMA QUE NÃO GOSTAMOS e até mesmo POR QUE TENHO UM SINTOMA QUE NÃO COMPREENDO ou POR QUE TENHO UM PADRÃO DE COMPORTAMENTO que não gostaria de ter.
As Constelações  Familiares são uma ferramenta poderosa para limpar nosso corpo emocional. Liberam a energia psíquica vinculada a traumas do passado, facilitando nosso processo de vivenciar o poder do AGORA.
A constelação atua sobre nós a partir de imagens que são captadas e processadas pelo nosso cérebro. Quando o facilitador configura uma constelação utilizando representantes para cada pessoa ou elemento relacionado com o assunto de que se trata, cria-se uma imagem do conflito e da origem do mesmo, seja ele sistêmico o…

O que é o caráter oral?

Quando a cofiança não é adequadamente suprida na infância há uma fixação no caráter oral, assim expressa a bioenergética de Lowen.
Mas o que significa a pessoa de caráter oral?

São pessoas que vão em frente, mas sentem um buraco enorme, acompanhado de uma forte sensação de privação.
De forma inconsciente se recusam a crescer, pois ficam esperando o tinham direito de receber na infância e não receberam. O mundo todo deve algo a ela.

São pessoas que esperam muito que alguém supra suas necessidades de ser feliz, ou que através da compulsão tentam tampar o buraco afetivo.

Dessa forma, acham que deveriam ter um emprego e não que deveriam buscar um emprego.
Tudo deve vir até ela porque ela tem o direito de ser cuidada.

Idealiza a mãe perfeita!
É um indivíduo crítico, exigente, muitas vezes apresetna um caráter opositor.

Não consegue construir (um bebê não precisa construir)
O adulto precisa realizar, mostrar.
É difícil para este tipo de adulto entrar em contato com sua falha básica, pois tem um burac…

Simbologia dos pés

Para Freud, o pé teria um significado fálico e o sapato seria um símbolo feminino. Cabe ao pé adaptar-se ao sapato. Existe até um provérbio que diz: "é preciso encontrar um sapato para o seu pé"
Nesta perspectiva, o pé é um símbolo erótico tanto nos povos primitivos quanto nos civilizados, sendo por vezes considerado um fetiche sexual. Não é atoa que é costume das mulheres enfeitarem tornozelos com jóias.

Não podemos deixar de lembrar do conto da Cinderela, que perde um de seus sapatinhos no baile real. O príncipe, que no baile se apaixonara por ela, vai procurar a dona do sapatinho.
Este mesmo tipo de conto pode ser encontrado nas tradições do Egito antigo. Como por exemplo, a estória da cortesã que teve suas sandálias roubadas por uma águia enquanto tomava banho. A águia levou as sandálias ao faraó, que admirado com o refinamento das mesmas e imaginando os pés que as calçavam, procurou esta moça em todos os lugares do reino e, encontrando-a, desposou-a.
Este mito encontra-se f…