domingo, maio 27, 2012

Ter filhos como forma de solucionar conflitos

Quando certos casais chegam a entrar em crise nas suas relações amorosas, motivada por agressões, ciúmes, infidelidade conjugal, tédio, ou outras razões, passam a pensar que a vinda de um filho resolveria o problema; assim muitas crianças nascem com o propósito de resolver um caso amoroso.


Em alguns casos, a vinda de uma criança se revela poderoso fator de união de um casal cujas relações desmoronavam. Isto acontece, sobretudo, com casais "entediados". Na maioria das vezes, porém, a natureza dos conflitos independe completamente da falta de filhos e a vinda destes serve apenas para irritar ainda mais os nervos do casal; e a situação se complica, pois as crianças reagem, sob forma de indisciplina, neurose ou instabilidade, às divergências paternas; o ambiente piora em vez de melhorar.


Quem quiser ter filhos, que resolva, primeiro, os seus conflitos pessoais.


Pierre Weil
em Amar e ser amado.

2 comentários:

  1. A pior coisa é ter filhos para salvar casamento. E isso é mais comum do que a gente imagina...
    Beijos e Boa Semana! :)

    ResponderExcluir
  2. Lorena27/5/12

    Scheila, que bom ter você por aqui! Boa semana... beijos

    ResponderExcluir

Fico muito feliz de você estar aqui, quando você comenta me deixa ainda mais....

Constelações Familiares e o poder do AGORA

créditos de imagem para sandragamero.com Se você ainda não conhece a prática das constelações familiares esta é uma excelente oportuni...