domingo, maio 27, 2012

Ter filhos como forma de solucionar conflitos

Quando certos casais chegam a entrar em crise nas suas relações amorosas, motivada por agressões, ciúmes, infidelidade conjugal, tédio, ou outras razões, passam a pensar que a vinda de um filho resolveria o problema; assim muitas crianças nascem com o propósito de resolver um caso amoroso.


Em alguns casos, a vinda de uma criança se revela poderoso fator de união de um casal cujas relações desmoronavam. Isto acontece, sobretudo, com casais "entediados". Na maioria das vezes, porém, a natureza dos conflitos independe completamente da falta de filhos e a vinda destes serve apenas para irritar ainda mais os nervos do casal; e a situação se complica, pois as crianças reagem, sob forma de indisciplina, neurose ou instabilidade, às divergências paternas; o ambiente piora em vez de melhorar.


Quem quiser ter filhos, que resolva, primeiro, os seus conflitos pessoais.


Pierre Weil
em Amar e ser amado.

2 comentários:

  1. A pior coisa é ter filhos para salvar casamento. E isso é mais comum do que a gente imagina...
    Beijos e Boa Semana! :)

    ResponderExcluir
  2. Lorena27/5/12

    Scheila, que bom ter você por aqui! Boa semana... beijos

    ResponderExcluir

Fico muito feliz de você estar aqui, quando você comenta me deixa ainda mais....

Deixa acontecer

As coisas acontecem quando você menos espera, as coisas acontecem quando você não as força, as coisas acontecem quando você não está an...