domingo, julho 24, 2011

IM - PERFEIÇÃO



Já  dizia Caetano em sua canção: "De perto ninguém é normal."
Constantemente vejo uma preocupação com a tal normalidade. Freud, pai da psicanálise, afirmou que: "Toda pessoa só é normal na média".
Parece uma grande "loucura", no entanto Freud, Caetano e todas as pessoas do planeta temos algo em comum: nenhum de nós possui um cérebro perfeito.
Entendam como perfeito o cérebro que produza seus neurotransmissores em quantidades exatas ou iguais e faça com que cada parte exerça suas funções tão bem como as demais, obtendo um desempenho máximo em todas elas.
Sendo assim, vemos a nossa volta pessoas que são maravilhosas no desempenho de alguma função e um verdadeiro desastre na área de relacionamentos afetivos.
Portanto, um cérebro perfeito é uma impossibilidade humana. Todos têm seu seus pontos fortes e suas limitações. No entanto o que fazemos é tentar mascarar o lado imperfeito, fingindo que ele não existe, suprimindo desejos ocultos, que acabam uma hora ou outra vindo à tona.
Pessoas certinhas demais, perfeitinhas demais, que não saem nunca da casinha, que não surtam de vez em quando não me passam segurança. Parece que estão sempre fazendo uma peça, encarando um personagem, sendo totalmente falsas. Por favor, um pouco menos de teatro e um pouco mais de cinema, de Hollywood. Eu gosto é de espontaneidade, de fracassar às vezes, de errar e pedir desculpas realmente sinceras. Não me importo de chorar em frente ao espelho de vez em quando, desde que saiba prosseguir com dignidade.

Homens e mulheres que procuram a perfeição geralmente são os que tem mais defeitos, irônico não? Parece que eles querem suprir as suas falhas com os acertos de outra pessoa. Ou eles, simplesmente, não desejam encontrar ninguém – estão presos em um relacionamento mal acabado, gostam de ser sozinhos, etc. Frequentemente usam a desculpa de não acho ninguém suficientemente bom para fugir disso.
Todas mulheres passam pela vida dele e não permanecem tempo suficiente pra perceber o quão deliciosa a companhia dela pode ser em um domingo chuvoso, a felicidade que é acordar com um beijo dela, a diversão que é rir após uma noite divertida.
 Todos homens passam pela vida dela sem ter tempo pra mostrar que o jantar que ele faria com carinho é melhor do que qualquer restaurante da cidade, que ele vai deixar de ficar com ela pra jogar futebol ou videogame pela tarde mas depois vai recompensar com uma noite inesquecível. Defeitos e erros fazem parte do conjunto, fazem parte da perfeição. Sem as coisas ruins, as boas perderiam totalmente o valor.
Enquanto buscamos pela pessoa perfeita, diversas oportunidades vão passando pela nossa vida sem nós notarmos que a real felicidade não tem nada a ver com a perfeição, e principalmente, não tem nada a ver com os outros. E sim com o que você quer, o que você está disposto a sentir. Um relacionamento perfeito não é aquele feito por duas pessoas perfeitas. E, sim, por duas pessoas dispostas a aprender, a viver juntas, a aturar os defeitos pra encontrar as verdadeiras qualidades.
Como dizia sabiamente Freud: "Ter saúde mental é achar graça nas coisas simples da vida".

Um comentário:

  1. Anônimo24/7/11

    É verdade que estamos sempre buscando a tal pessoa perfeita. Que nao existe..

    ResponderExcluir

Fico muito feliz de você estar aqui, quando você comenta me deixa ainda mais....

Deixa acontecer

As coisas acontecem quando você menos espera, as coisas acontecem quando você não as força, as coisas acontecem quando você não está an...