Pular para o conteúdo principal

Dia do psicólogo: SER TERAPEUTA

 


O papel do terapeuta é uma questão muito delicada e complexa.
Em primeiro lugar, o próprio terapeuta sofre dos mesmos problemas que ele está tentando resolver nos outros. O terapeuta é meramente um técnico. É possível que consiga fingir e enganar a si mesmo de que ele é um mestre – este é o grande perigo de ser um terapeuta. Mas basta um pouco de compreensão e as coisas não serão as mesmas.

Primeiramente, não pense em termos de ajudar os outros. Isto dá-lhe a impressão de ser um salvador, de ser um mestre – e pela porta dos fundos o ego volta a entrar. Você torna-se importante, você é o centro de grupo, todos estão olhando para você.

Esqueça a idéia de ajudar. Ao invés de “ajudar” use a palavra “compartilhar”. Você compartilha o seu insight, compartilha tudo o que você tem. O paciente não é alguém inferior a você. O terapeuta e aquele que se submete à terapia estão ambos no mesmo barco; o terapeuta é apenas um pouco mais instruído. Esteja consciente do fato de que seu conhecimento é emprestado. Nunca se esqueça, nem por um momento, que aquilo que você sabe ainda não é sua experiência própria, e isso ajudará as pessoas.

O homem é um mecanismo muito sutil. Ele funciona do dois lados: o terapeuta começa a tornar-se o mestre, e o ao invés de estar ajudando, está destruindo algo no participante, porque este também aprenderá unicamente a técnica. Não haverá um compartilhar de amor e carinho, não haverá uma atmosfera de confiança, mas sim uma atitude de “você sabe mais, eu sei menos .
 
Seja desde o principio uma pessoa autentica, amorosa... e eu faço absoluta questão de insistir que nada há mais terapêutico do que o amor. A técnica pode ajudar, mas o verdadeiro milagre acontece através do amor. Ame as pessoas que participam da terapia, torne-se uma delas, sem a menor pretensão de ser superior ou mais santo.
Deixe claro, logo de inicio: “ essas são as técnicas que aprendi, e um pouco da minha experiência. Eu lhes darei as técnicas e compartilharei minha experiência...
Em outras palavras, estou falando de um conceito totalmente novo de terapia. O terapeuta é um mero coordenador. Ele tenta apenas tornar o grupo mais silencioso, sereno; ele permanece atento para que nada saia errado....é mais guardião do que mestre.
E também deve deixar claro: “também estou aprendendo enquanto você comartilha sua experiência".
 
 E quando estou ouvindo vocês, não se trata apenas dos seu problemas; esses são também meus problemas. E quando estou dizendo algo, não estou apenas dizendo, estou também escutando.”
Na verdade, ao compartilhar os seus segredos, as suas fraquezas, as suas vulnerabilidades, você torna os outros mais seguros, mais amorosos, mais confiantes em você. A sua confiança desperta a confiança deles em você, e quando vêem que você é  tão aberto e tão disponível, eles começam a se abrir; esta é uma reação em cadeia.
 
Palavras de Osho
 
feliz dia do psicólogos a todos queridos colegas,
que possamos reconhecer a grandeza dessa profissão tão linda.
 

Comentários

  1. Betania27/8/12

    Estou há tres anos com você, e posso garantir que a minha vida hoje é outra.... Admiro muito a sua capacidade de organizar as questões que para mim parecem tão insolúveis. Para mim é um dom! Parabéns pelo seu dia!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo27/8/12

    Tocante este texto! Admiro muito seu trabalho, vejo você exatamente assim... lembro que quando te achei já havia passado por vários terapeutas, e fui indicado a ir até você. Quando vi você, pensei que iria perder meu tempo mais uma vez, nessa busca incessante por um terapeuta, achei você tão novinha! Quase voltei para trás. Mas ainda bem que não fiz isso. Sei que pela sua simplicidade você não gosta que eu fale assim, mas você mudou a minha vida, sou outra pessoa, nem me lembro mais quem eu era antes de entrar no seu consultório! obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lorena, boa noite!!
    Um dia memorável! Costumo pensar que a Psicologia é o ser tentando se entender na alma de outro, buscando essências comuns, descaminhos e caminhos compartilhados. Ser Psicólogo é dizer a alguém: alguém se importa com você.
    É um lindo texto, uma perfeita visão. Quem dera tivéssemos menor número de experts e maior número de amigos, companheiros, irmãos de alma.
    Ainda mais feliz fiquei por, sendo o terceiro a comentar, observar que o que você diz reflete o que você faz! Ao mostrar às pessoas como elas são importantes, vejo uma Lorena extremamente importante!
    Isso é mais doce que poesia!
    Um beijo carinhso
    Doces sonhos, doutora.
    seu fã
    Lello

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pelo carinho de vcs! Tenho muito amor pela minha profissão, é onde me encontro e me realizo!
    Acredito que a psicologia é apenas um dos caminhos que existem para ajudar aqueles que querem simplificar a vida e vivê-la de forma mais leve...
    beijos a todos!

    ResponderExcluir
  5. Olá Lorena, primeiramente
    gostaria de agradecer as palavras
    E te dizer que fiquei muito
    feliz com sua visita
    lá no meu blog!
    Volte sempre, serás sempre
    muito bem vinda!

    Que texto maravilhoso.
    Parabéns pela seu trabalho, por sua dedicação!
    Tão bom encontrar pessoas dispostas
    a nos ouvir, indicar uma direção, se mostrar presente, amiga, isso nos faz um bem enorme.

    Parabéns pelo Blog!
    Estou seguindo e
    Voltarei mais vezes!

    Beijos Meus...*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Fico muito feliz de você estar aqui, quando você comenta me deixa ainda mais....

Postagens mais visitadas deste blog

Constelações Familiares e o poder do AGORA

Se você ainda não conhece a prática das constelações familiares esta é uma excelente oportunidade para que você seja conduzido através desta ferramenta fantástica de autoconhecimento.
Ela atua a partir das nossas histórias e mitos familiares. Ajudando-nos a perceber mais claramente QUEM SOU EU e PORQUE ESTAMOS VIVENDO DE UMA FORMA QUE NÃO GOSTAMOS e até mesmo POR QUE TENHO UM SINTOMA QUE NÃO COMPREENDO ou POR QUE TENHO UM PADRÃO DE COMPORTAMENTO que não gostaria de ter.
As Constelações  Familiares são uma ferramenta poderosa para limpar nosso corpo emocional. Liberam a energia psíquica vinculada a traumas do passado, facilitando nosso processo de vivenciar o poder do AGORA.
A constelação atua sobre nós a partir de imagens que são captadas e processadas pelo nosso cérebro. Quando o facilitador configura uma constelação utilizando representantes para cada pessoa ou elemento relacionado com o assunto de que se trata, cria-se uma imagem do conflito e da origem do mesmo, seja ele sistêmico o…

O que é o caráter oral?

Quando a cofiança não é adequadamente suprida na infância há uma fixação no caráter oral, assim expressa a bioenergética de Lowen.
Mas o que significa a pessoa de caráter oral?

São pessoas que vão em frente, mas sentem um buraco enorme, acompanhado de uma forte sensação de privação.
De forma inconsciente se recusam a crescer, pois ficam esperando o tinham direito de receber na infância e não receberam. O mundo todo deve algo a ela.

São pessoas que esperam muito que alguém supra suas necessidades de ser feliz, ou que através da compulsão tentam tampar o buraco afetivo.

Dessa forma, acham que deveriam ter um emprego e não que deveriam buscar um emprego.
Tudo deve vir até ela porque ela tem o direito de ser cuidada.

Idealiza a mãe perfeita!
É um indivíduo crítico, exigente, muitas vezes apresetna um caráter opositor.

Não consegue construir (um bebê não precisa construir)
O adulto precisa realizar, mostrar.
É difícil para este tipo de adulto entrar em contato com sua falha básica, pois tem um burac…

Simbologia dos pés

Para Freud, o pé teria um significado fálico e o sapato seria um símbolo feminino. Cabe ao pé adaptar-se ao sapato. Existe até um provérbio que diz: "é preciso encontrar um sapato para o seu pé"
Nesta perspectiva, o pé é um símbolo erótico tanto nos povos primitivos quanto nos civilizados, sendo por vezes considerado um fetiche sexual. Não é atoa que é costume das mulheres enfeitarem tornozelos com jóias.

Não podemos deixar de lembrar do conto da Cinderela, que perde um de seus sapatinhos no baile real. O príncipe, que no baile se apaixonara por ela, vai procurar a dona do sapatinho.
Este mesmo tipo de conto pode ser encontrado nas tradições do Egito antigo. Como por exemplo, a estória da cortesã que teve suas sandálias roubadas por uma águia enquanto tomava banho. A águia levou as sandálias ao faraó, que admirado com o refinamento das mesmas e imaginando os pés que as calçavam, procurou esta moça em todos os lugares do reino e, encontrando-a, desposou-a.
Este mito encontra-se f…